terça-feira, 25 de novembro de 2014

Coxinhas de frango recheadas com queijo e rúcula


Eu não sei se vos acontece o mesmo mas, aqui por casa, frango é, provavelmente, a carne mais consumida. Gostamos imenso e, por isso, raramente esta carne falta pelo frigorífico ou congelador! O tradicional e delicioso frango no forno, com os mais diversos temperos (para tentar variar o mais possível) sai para a mesa imensas vezes, especialmente quando o outono chega e o frio se começa a sentir. Mas há alturas em que, até eu, que adoro frango cozinhado de qualquer forma (e nunca dispenso um bom frangunho simples no forno) começo a ter dificuldades em "criar" novos pratos com esta carne, para que não se caia na monotonia. E, às vezes, saem assim coisas destas, como a que hoje vos trago :)  A receita é simples, e os sabores também, mas para mim, faz logo toda a diferença...até porque, muito sinceramente, não gosto lá muito do facto de estar sempre a cozinhar as mesmas coisas da mesma maneira, por muito que goste delas (tenho medo de que deixe rapidamente de gostar, provavelmente :P hehe). Esta receitinha é bem saborosa, a carne fica super suculenta e é uma ótima forma de se continuar a comer aquele frango de que tanto gostamos...e continuar a gostar, sem que nos cansemos dele ;)



Ingredientes para 2 pessoas: 
4 coxas de frango (só mesmo aquela parte de cima da perna de frango)
Sal e pimenta q.b.
1 colher de chá de alho em pó
1 colher de chá de orégãos secos
Sumo de limão q.b.
1 mão bem cheia de rúcula
1 colher de sopa bem cheia de queijo-creme
2 colheres de sopa de queijo a gosto, cortado em pequenos pedaços (usei Cheddar mas usem um do vosso agrado, de preferência que resista bem ao calor e não derreta de imediato)
1 colher de sopa de vinagre balsâmico
1 colher de chá de cebolinho fresco picado


- Com a ajuda de uma boa faca, começar por retirar com cuidado o osso das coxas, abrindo-as em forma de bife. Temperar com uma pitada de sal e pimenta, o alho em pó, os orégãos e um pouco de sumo de limão. Reservar.

- Numa taça, misturar a rúcula com o queijo-creme, o queijo em pedaços, o cebolinho e o vinagre balsâmico.

- Dispor uma colherada deste preparado em cima de cada bife e fechá-los com a ajuda de palitos, colocando-os num tabuleiro. 

- Levar ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 50 minutos, ou até as coxinhas estarem bem cozinhadas no interior e com um exterior bem douradinho, virando a carne com cuidado a meio da cozedura.
 


13 comentários:

  1. Olá :D....
    Que aspecto delicioso :D... Adorei!
    Beijocas

    http://nacozinhadaleonor.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Gosto desta sugestão e bastante e o recheio está mesmo apetitoso, perfeita esta refeição.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Vânia, que maravilha este teu pratinho!
    Adoro rúcula e tenho uma paixão quase doentia por queijos... Nem imaginas como me soou bem esta tua proposta! Que delícia.

    Bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És cá das minhas então Susana...eu, aliás, já desconfiava disso ;) hehe Também adoro rúcula e tenho essa mesma paixão por queijos (e agora por estas terras londrinas, é uma verdadeira perdição :p ). Obrigada, fico muito feliz que tenhas gostado :D
      Beijinhos *

      Eliminar
  4. É frango e peru :) São as minhas carnes preferidas, apesar de isto soar muito estranho, e tenho a certeza disso de cada vez que como um pedaço de porco com um sabor incrivelmente forte (e nojento, também é nojento) a porco. A sério, eu juro que não faço de propósito, mas às vezes calha em alguma ocasião e só me apetece vomitar. No. Jen. To.
    Adiante :P
    Achei a ideia muito gira, ficam muito engraçadas e devem ficar bem saborosas também! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aiaiaiaiaiai Avelã não se fala assim da comida :P

      Eliminar
  5. Vânia, parabéns por esta bela e divina idéia...
    Eu e minha mulher Regina fizemos...
    Ficou uma delícia...
    Depois fizemos de novo usando as coxas no lugar da coxinha da asa e ervas (cebolinha, salsa e manjericão) no lugar da rúcula...
    E o queijo, usamos só o provolone ralado...
    Ficou deliciosissimo tb... Perfeito... Ficou com aquele gostinho do defumado do queijo...
    Retiramos o osso da coxa sem abrir tipo bife... Só tiramos o osso e ela ficou tipo uma bolsa... Aí colocamos o recheio dentro dela é fechamos a bolsa com palitos...
    Harmonizados com arroz branco e vinho...
    Foi nosso jantar do dia dos pais...
    Que delícia...

    ResponderEliminar