quarta-feira, 14 de maio de 2014

Caril de polvo e legumes


Faço várias vezes caril, tal como já vos disse. E também já devem ter reparado pela quantidade de receitas com caril e açafrão que vêem por aqui ;)
É algo de que gostamos muito! Este último caril que fiz "nasceu" precisamente em casa da minha mãe (mas já tenho aqui tudo prontinho para fazer o meu primeiro caril londrino ;) hehe). Pediram-me caril e eu acedi. Abri o congelador e reparei que existia um polvo...e pensei...porque não?! Eu adoro, toda a gente lá por casa adora, junto-lhe uns deliciosos legumes e deve ficar um caril bem diferente e saboroso...e não é que ficou mesmo?! Gostámos imenso da combinação :)



Ingredientes para 4 pessoas:
1 polvo médio com cerca de 1.5kg
Sal e pimenta q.b.
2 folhas de louro
Sementes de coentros (cerca de 10)
2 dentes de alho
1 pedaço de gengibre fresco com cerca de 3 ou 4 cm
Caril em pó
Açafrão das índias
Lemongrass moído
Canela moída
Colorau
Cominhos moídos
Piripiri
Azeite
Vinho branco
2 cenouras médias cortadas aos cubos
1 pedaço de abóbora cortada aos cubos
1 curgete cortada aos cubos
Cerca de 500 gramas de iogurte grego

- Levar o polvo a cozer numa panela com água, sal e louro. Quando estiver bem cozido, escorrer o polvo, deixar arrefecer e cortá-lo em pequenos pedaços, reservando também um copo da água da sua cozedura (podem também fazer como eu e limpar ligeiramente a panela com papel absorvente, utilizando-a para fazer o resto do caril. A panela já tem algum sabor e é menos loiça para lavar. Mas também podem usar perfeitamente outro tacho, como queiram).


- Num almofariz, juntar as sementes de coentros, o alho e gengibre ralados, 1 colher de sopa de caril, 1 colher de sopa de açafrão, 1 colher de café de lemongrass, uma pitada de canela (só mesmo uma pequena pitada), 1 colher de chá de colorau, 1 colher de chá de cominhos, uma pitada a gosto de piripiri e umas gotas de azeite. Misturar bem, desfazendo as sementes e formando uma pasta.


- Levar ao lume o tacho da cozedura do polvo ou um outro, regado com um fio de azeite. Refogar ligeiramente, durante cerca de 1 minuto e mexendo frequentemente, a pasta de especiarias (colocar um pouco de vinho no almofariz para o “lavar” e retirar todos os restos de especiarias e todo o sabor que ele possa ter e colocar também no tacho). Adicionar a cenoura e a abóbora, temperar com um pouco de sal e pimenta, e juntar também ½ copo de vinho branco e o copo de água da cozedura do polvo. Tapar a panela e deixar cozinhar, em lume médio/alto, entre 15 a 20 minutos, até os legumes estarem quase cozidos.


- Nessa altura, juntar cerca de 6 colheres de sopa bem cheias de iogurte e a curgete e deixar cozinhar durante mais 7 minutos. Acrescentar depois mais ½ copo de vinho branco e deixar cozinhar mais um pouco, já com a panela destapada, para que o molho reduza ligeiramente.


- Adicionar o polvo, mais um pouco de vinho (cerca de ¼ de copo) e o restante iogurte, temperando com mais uma pitada de cominhos, 1 colher de sopa de açafrão e 2 colheres de sopa de caril. Cozinhar por mais 10 a 15 minutos, até o molho estar com a consistência desejada e bem apurado. 


- Mesmo antes de servir, retificar os temperos (nesta altura juntei mais 1 colher de café de lemongrass, 1 colher de chá de colorau e 1 colher de sopa de açafrão mas fica ao gosto do vosso paladar). Envolver bem, desligar o lume, tapar a panela e deixar repousar entre 5 a 8 minutos antes de servir com arroz. 

Lembra-se de vos mostrar a minha cozinha com aqueles janelões enormes certo? Pois bem, aos poucos, cá vou fazendo desta casa a minha casa...e especialmente desta cozinha a minha cozinha :)  Digam lá se este parapeito com as minhas novas aquisições não fica muito mais bonito?! ;)  Tomilho e cebolinho sempre fresquinhos já cá cantam ;) hehe

 

20 comentários:

  1. Aqui está um prato que não sou apreciadora. Adoro polvo, mas com caril acho que não combina, não me sabe bem :(
    Mas gostei das cores, está muito bonito.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que não gostamos todos do mesmo ;)
      Eu não tenho propriamente um prato favorito mas bem no topo das minhas preferências encontra-se o polvo. Sou doidaaaa por polvo, não importa a forma como é cozinhado :) Confesso que gosto dele o mais simples possível mas esta foi mais uma das minhas experiências e gostámos bastante até...às vezes também é preciso variar (e variada na cozinha sou eu ;) hehe)
      Beijinhos *

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Sim é verdade, uma sugestão diferente ;) Obrigada Marisa :)
      Beijinhos *

      Eliminar
  3. Que delicia...Vem até ao cantinho participar num passatempo http://entretralhasepanelas.blogspot.pt/2014/05/passatempo-gourmet-com-sabor-meia-duzia.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Elisabete :)
      Vou já ver que passatempo é este...mas se ganhar, já sabes que a encomenda tem de vir de avião ;)
      Beijinhos *

      Eliminar
  4. Fabulosa sugestão esta querida. Nunca pensei em caril de polvo, mas sim, porque não? Só pode ser uma delícia!
    Beijinhos grandes,
    Lia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada querida Lia :)
      Eu sou uma fanática assumida por polvo, gosto dele de todas as formas e feitios ;) E como também gosto de inventar e fazer experiências na cozinha, aqui está mais uma delas ;) hehe E olha que até combinam bastante bem mesmo, pelo menos nós gostámos :)
      Beijinhos *

      Eliminar
  5. Mesmo mto apetitoso esse caril!! Eu gosto tanto de caril e tanto de polvo, por isso para mim está perfeito :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Xana :) Eu também adoro ambos por isso também ficou uma combinação a meu gosto :)
      Beijinhos *

      Eliminar
  6. Hum... Polvo, caril, legumes... Tudo para ser bom!

    E as tuas novas amigas à janela estão lindas e dão logo outro ar à cozinha!

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não dão um ar lindo Ana?! Também acho ;)
      Beijinhos *

      Eliminar
  7. Olá!
    O caril parece muito bom... eu provei pela primeira vez muito recentemente, como ninguém na minha família gosta não tive muitas oportunidades para experimentar. Mas gostei bastante!
    Também gosto do polvo, dependendo de como é feito... há gente que o faz mesmo gelatinoso e esquisito, não gosto nada :P Mas neste caso parece-me bem :)
    Adoro esse tipo de ervinhas, a que uso mais é salsa (uso mesmo muita!) :) Mas dão todas jeito, e essas estão muito bonitas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Avelã :)
      Eu gosto imenso de caril e adoroooo polvo! Por isso decidi experimentar esta (aparentemente) estranha combinação e gostei muito do resultado :)
      E também uso imenso salsa...esse vai ser de certeza o meu próximo vasinho aqui para a janela ;)
      Beijinhos *

      Eliminar
  8. Ohhh temos as mesmas ervinhas - ET's POWER!
    Caril de polvo nunca comi, mas deve ser bem bom ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas ainda duvidavas do ET's Power?! :D hehehe
      Eu também nunca tinha comido até me ter lembrado de fazer esta experiência...e olha, gostei bastante ;)
      Beijinhos *

      Eliminar
  9. Adoro polvo e como sabes sai várias vezes aqui por casa. Nunca me ocorreu fazer um caril... mas realmente porque não? Gosto das duas coisas por isso só pode ser bom. Adorei as ervinhas! Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também nunca me tinha ocorrido tal coisa sinceramente Pimentinha...Mas foi mesmo um daqueles momentos em que tens a certeza de que vais fazer algo (neste caso, caril) e depois abres o congelador e "dás de caras" com um polvo...e pensas mesmo isso...Porque não? E ainda bem que experimentei porque ficou mesmo saboroso :)
      Beijinhos *

      Eliminar
  10. Essas ervas são sempre uma mais valia em todas as cozinhas, umas comprinhas e das boas:)
    Também gosto de caril mas não como tantas vezes que gostava.
    Ficou com muito bom aspecto esta refeição e claro essa cor encanta e abre o apetite.
    Parece que te estás adaptar muito bem, espero que tudo corra do melhor.

    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Sandra :) Por agora acho que me estou a adaptar bem sim...e claro que estas coisinhas de que gostamos (pequenos pormenores como os vasinhos das ervas aromáticas que sempre estive habituada a ter e sempre adorei tanto na minha casa em Portugal) ajudam a que tudo seja mais fácil ;)
      Quanto ao caril, se gostas, então tens de fazer mais vezes ;) Aqui por casa sai imensas vezes, sempre com ingredientes diferentes...aliás, se deres aqui uma vista de olhos pelo blog vais reparar nisso ;) hehe E muitos mais pratos destes ainda estão para vir ;)
      Beijinhos *

      Eliminar