segunda-feira, 9 de junho de 2014

Filetes de peixe com caril rápido de legumes e ovo escalfado


O peixe fresco é algo caro por estas bandas (não consegui ainda perceber bem porquê, uma vez que este país está rodeado de tanto mar...mas prosseguindo...). Mas os filetes de peixe congelados são bastante acessíveis, tal como em Portugal. Adoro peixinho fresco (acho que é das coisas que mais falta me irá fazer) mas, já em Portugal, sempre tive o hábito de ter pelo congelador filetes de peixe congelado, especialmente peixe-gato ou pescada, por ser sempre algo bastante prático e simples de confecionar, e também, claro, muito económico. E aqui tento manter esses mesmos hábitos...Como tal, num destes dias em que me apetecia imensamente comer algo leve e saudável e em que precisava de um jantar pronto rapidamente, saíram estes filetes bem simples, acompanhados apenas de uns legumes com um toque de caril e, claro, um ovo no topo...porque, se forem como eu, percebem que um ovo faz sempre a diferença em qualquer prato ;)



Ingredientes para 2 pessoas: 
2 filetes de peixe branco ou lombos de pescada
2 dentes de alho
Cerca de 8 sementes de coentros
½ colher de café de sementes de cominhos
1 colher de chá bem cheia de caril
1 colher de chá de açafrão das índias
½ de um lemongrass fresco (ou 1 colher de café de lemongrass em pó)
Azeite q.b.
Sal e pimenta q.b.
1 pitada de colorau
1 cebola média cortada grosseiramente
2 copos de uma mistura a gosto de legumes congelados
Sumo de limão q.b.
2 colheres de sopa de vinho branco
4 colheres de sopa de iogurte grego
2 ovos 
 
- Num almofariz, juntar os dentes de alho ralados, os coentros, os cominhos, o caril, o açafrão e o lemongrass. Regar com um pequeno fio de azeite e desfazer tudo bem, até formar uma pasta.

- Levar ao lume um tacho regado com um fio de azeite e alourar ligeiramente a cebola. Com o lume no mínimo, juntar a pasta de especiarias e refogar durante uns segundos, para que liberte o seu aroma, cor e sabor. Regar com cerca de 2 colheres de vinho branco, apenas o suficiente para que a mistura não torre nem cole ao fundo do tacho. 

- Adicionar então os legumes, temperar com uma pitada de sal e pimenta, e deixá-los cozinhar durante cerca de 8 a 10 minutos, até estarem tenros. 

- Entretanto, temperar os filetes de peixe com uma pitada de sal, pimenta e colorau e regá-los com um pequeno fio de azeite e um pouco de sumo de limão. Colocá-los num tabuleiro e levar ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 20 minutos, até os filetes estarem cozinhados mas não em demasia para não ficarem secos (se preferirem, também podem fazê-los na frigideira, que ficam prontos ainda mais rápido).

- Quando os legumes estiverem tenros, acrescentar o iogurte, envolver bem e deixar cozinhar por mais 2 ou 3 minutos. Retificar os temperos.

- Abrir duas pequenas covas no caril de legumes e adicionar um ovo em cada uma delas. Tapar a panela, desligar o lume e deixar que os ovos cozinhem por cerca de 3 minutos, com o calor residual.

- Servir os filetes de peixe acompanhados com o caril de legumes e o ovo escalfado e, se preferirem, também com um pouco de arroz.

10 comentários:

  1. Realmente, estamos tão habituados ao peixe que é logo a primeira coisa que estranhamos quando não temos. Cá em casa também tenho o hábito de o ter congelado, assim a falta que ele faz é suprimida - porque nem sempre há peixe fresco ou disponibilidade de o ir comprar. Olha eu cá tirava o ovo - eu e ovos é uma relação ambígua.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já estou a ver...ovos contigo é só nos teus bolinhos ;) Pois olha eu podia tirar o ovo também...mas não era a mesma coisa ;) hehe

      Eliminar
  2. Olá Vânia: gostei da ideia do ovo escalfado no molho do peixe. Costumo fazer nas ervilhas ou favas,mas também gostei desta sugestão.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Márcia :) Eu, sinceramente, gosto mesmo é de ovo...não importa muito em quê ;) hehe
      Beijinhos *

      Eliminar
  3. O peixe fresco nunca é muito barato, mas não sei o preço daí (sei que há já algum tempo que quase não como peixe congelado e de cada vez que olho para a peixaria ele está mais caro... é impressionante! Chega a uma diferença enorme...)
    Congelado é diferente, mas pronto :( Postas para cozer até se comem :) Uma pessoa tem que se habituar, infelizmente.
    Já reparei que pões ovos em tudo! Por acaso não tenho esse hábito, não costumo comer ovos (assim, se for em crepes de tapioca ou as claras nas papas de aveia como bastante haha :))
    Parece muito bom :) (vamos estabelecer um negócio de tráfico de peixe? Sentido Portugal->Inglaterra? Temos de vestir aqueles macacões pretos e fazer tiras de sujidade na cara. Sim, acho que esse plano é suficiente, o resto vem naturalmente, certo? Nos filmes resulta hahah :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim sem dúvida, congelado é bem diferente :( Mas pronto, o importante é ter imaginação e conseguir fazer com o congelado pratos criativos e saborosos ;) Porque, com o peixinho fresco, não é preciso muito...uma bela pitada de sal e feito na chapa, para mim está perfeito :)
      E sim é verdade, não ponho ovos em tudo...mas tenho vontade de pôr :D hehehe Adoro ovos!!
      E quanto ao teu plano, temos de pensar bem nisso, gostei mesmo da ideia!! :) Especialmente da parte da pintura da cara e tal ;) ahahahah Se nos filmes resulta, connosco também há-de correr bem certamente :D

      Eliminar
  4. Eu também adoro peixe e concordo contigo, não se percebe o preço do peixe num País rodeado por mar, mas enfim...
    Adoro o teu prato e sim, um ovinho em cima faz uma diferença brutal!!!!
    Beijinhos grandes,
    Lia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que me percebes Lia...na questão do peixe e no que toca a ovinhos ;) hehehe
      Beijinhos minha querida *

      Eliminar