quarta-feira, 9 de abril de 2014

Feijoada indiana de atum e delícias do mar


Começo a ficar sem explicações plausíveis para estes meus pratos meios "tresloucados" :) hehe
Mas acho que vocês já me vão conhecendo e já estão habituados... já sabem os meus gostos, as minhas predileções e algumas das coisas que mais gosto de fazer na cozinha. Por isso, sabem de certeza que uma das coisas que mais gosto de fazer (e que faço com bastante frequência) é agarrar num ingrediente ou num prato bem português e dar-lhe o meu toque diferente, o meu toque daquela "comida de mundo" que tanto adoro experimentar e misturar. Normalmente (e modéstia à parte!) saio-me muito bem nestas minhas aventuras culinárias! E esta não foi exceção ;)  Peguei na ideia base de uma feijoada, mudei-lhe a carne pelo atum e dei-lhe um toque de aroma e sabor da cozinha indiana! O resultado final foi uma "feijoada" bem cremosa, com um sabor totalmente diferente, que fez o J. torcer meio nariz quando o prato chegou à mesa e, dois segundos depois, estava a levantar os olhos na minha direção e a sorrir, dizendo: "isto afinal sabe mesmo bem!" :) hehe



Ingredientes para 4 pessoas:
Azeite
1 dente de alho picado
4 tomates pelados inteiros + 1 pouco do líquido da lata
2 colheres de sopa + 2 colheres de sopa + 1 colher de sopa de polpa de tomate
2 colheres de sopa + ¼ copo + 2 colheres de sopa de vinho branco
Sal e pimenta q.b.
1 colher de chá de cominhos moídos
1 colher de café de gengibre em pó
1 colher de sopa de caril em pó
1 colher de sopa + 1 colher de chá de açafrão das índias
1 colher de sopa de colorau
3 colheres de sopa cheias de iogurte grego
Cerca de 200 gramas de feijão vermelho
Cerca de 200 gramas de feijão branco
2 latas de atum
1 concha de sopa de água ou da água da cozedura dos feijões (usei feijões brancos de lata, já cozidos, mas os feijões vermelhos cozi-os durante o dia e, por isso, usei a água da cozedura destes. Mas se não tiverem ou se usarem de lata, acrescentem simplesmente água)
8 delícias do mar cortadas em pedaços

- Levar ao lume um tacho regado com azeite e alourar o alho durante um minuto. Acrescentar o tomate pelado e um pouco do molho da lata, desfazendo grosseiramente os tomates com a colher-de-pau. Deixar cozinhar durante cerca de 5 minutos, até que o molho engrosse e forme uma espécie de pasta.


- Adicionar, nessa altura, 2 colheres de sopa de polpa de tomate, 2 colheres de sopa de vinho branco e temperar com sal e pimenta, os cominhos e o gengibre em pó. Cozinhar durante mais uns minutos até que o líquido reduza um pouco. Juntar mais ¼ de copo de vinho branco, o caril e o açafrão e cozinhar em lume brando durante mais cinco minutos, mexendo de vez em quando.


- Acrescentar o iogurte, mais 2 colheres de sopa de polpa de tomate e mais duas colheres de sopa de vinho branco. Tapar o tacho, colocar em lume alto, e cozinhar por mais 4 minutos até que o molho comece a levantar fervura e a ficar espesso. Destapar a panela e juntar o feijão, o atum, mais uma colher de sopa de polpa de tomate, o resto do açafrão, o colorau e a água ou o líquido de cozedura dos feijões. Deixar cozinhar em lume médio por mais 8 minutos. Ao fim deste tempo, desligar o lume, tapar o tacho e deixar repousar cerca de 5 a 7 minutos.

- Mesmo antes de servir, acrescentar as delícias do mar e envolvê-las bem na feijoada (precisam apenas de alguns segundos para ficarem quentes e para não perderem a sua textura e não se desfazerem). Servir de imediato.

18 comentários:

  1. Que bela idéia...atum em feijoada...deve ser bom

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Elisabete :) Fica diferente e nós por cá gostámos muito! Especialmente do facto de podermos comer a feijoada à colherada ;) hehe
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Bem Vânia...que maravilha de feijoada! :D
    Tantos ingredientes...até fiquei cansada de os ler...:D eheh
    Mas olha, já fiquei com fome...excelente!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Marlene :)
      Mas olha são vários os ingredientes sim, mas metade deles são especiarias, uma pitada aqui, outra acolá...et voilá...esta refeição está pronta num instantinho, em menos de nada acredita, é mesmo rápida ;)
      Beijinhos *

      Eliminar
  3. Eu diria que isto é uma bela de uma mixórdia ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu diria que tens toda a razão ;) hehe
      Beijinhos *

      Eliminar
  4. Vânia, eu só tenho uma coisa a dizer - posso ir almoçar contigo? É que de repente, só de olhar para esta feijoada, fiquei cheia de fome ;)
    Adorei!!
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahah Pena que não tenha visto este teu comentário a tempo do almoço...mas podes sempre vir jantar comigo Pimentinha ;) Faço um pratinho destes só para ti, com todo o gosto ;)
      Beijinhos *

      Eliminar
  5. Que bom aspeto! Parece mesmo aquele género de chili mexicano super picante nos desenhos animados em que fazem competições de chili picante haha :)
    Realmente é uma boa ideia, dar um toque diferente... A melhor feijoada que já comi foi a da minha avó! É muito boa, tem carne de frango desfiada e é extremamente cremosa... ela fica toda orgulhosa por ter "inventado" a carne desfiada :)
    Nunca pensei em fazer feijoada com atum, mas que tem bom aspeto tem :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) hehe e a tua avó deve mesmo ter orgulho, essa é uma excelente ideia também e fica delicioso! Eu também costumo fazer uma espécie de feijoada com frango desfiado, aproveitando sobras de frango assado e assim, e adoro! Aliás, fiz isso há poucos dias, inclusive, mas ainda não publiquei por aqui...lá há-de chegar o dia :)
      Esta é uma espécie de feijoada com alguns "toques" diferentes mas o que importa é que o sabor ficou mesmo bom e é super reconfortante :)
      Beijinhos *

      Eliminar
  6. Os homens torcem sempre o nariz quando se apresenta algo diferente, há sempre aquela tendência para a critica...mas no fim, gostam é de um bom prato e pronto!! :)
    E este está para lá de bom, quando consigo sentir o cheirinho... :)

    ResponderEliminar
  7. Olá Vania: esta feijoada é , sem dúvida, bem diferente mas tem um aspeto delicioso. Gosto também de juntar as especiarias que estão à mão e consigo imaginar-te na cozinha a "atirar" pitadas disto e daquilo ( qual varinha de condão,rsrs).
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :) E podes crer que é assim mesmo na minha cozinha Márcia :) Uma pitada disto, mais uma daquilo ;) hehe
      Beijinhos *

      Eliminar
  8. Que delicia de potaje, acabo de encontrar tu blog y me gusta mucho, me quedo como seguidora y te invito a visitar el mio, besos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pela visita e pelo comentário tão simpático :)
      Visitarei o teu blog certamente :) Volta sempre, és muito bem-vinda por este meu cantinho :)
      Beijinhos
      Vânia

      Eliminar
  9. Acho que fizeste muito bem em pôr em prática esta tua receita, pois o aspecto é fabuloso e não acho nada estrambólica.
    Beijinhos grandes,
    Lia.

    ResponderEliminar